NOTÍCIAS

NOTÍCIAS - Renegociação do Desenrola Brasil: posso pagar em quantas vezes?

5 de Novembro de 2023, 10:00 pm

No último dia 9 de outubro, uma nova etapa do programa Desenrola Brasil foi lançada, introduzindo uma plataforma online dedicada à renegociação de dívidas. O foco do programa é oferecer suporte financeiro para pessoas cuja renda mensal total é limitada a 2 salários mínimos ou que estejam inscritas no Cadastro Único (CadÚnico). Ao todo, cerca de 32 milhões de brasileiros poderão se beneficiar dessa iniciativa.

Administrado pelo governo, o Desenrola Brasil pede a atenção daqueles que possuem dívidas que não ultrapassam o valor de R$ 5.000. Em circunstâncias específicas, o programa promete descontos de até 96% na quitação desses débitos. Despesas bancárias e não bancárias, incluindo contas de serviços básicos como água e luz, contraídas entre os anos de 2019 e 2022, produzem o escopo de débitos elegível.

 

Como será o processo de renegociação do Desenrola Brasil?

Todo o processo de renegociação poderá ser realizado online, através da plataforma oficial do Desenrola Brasil. Através do site, os devedores poderão revisar a lista de suas dívidas, definir suas elegibilidades para renegociação, e também conferir os descontos oferecidos pelos credores e o status de cada dívida. É essencial ter um cadastro gov.br prata ou ouro para participar dessas renegociações.

Os descontos são resultado de um leilão que reuniu 654 empresas dispostas a oferecer os maiores abatimentos. Em média, o desconto para renegociação está em torno de 83%, com o maior desconto registrado alcançando a marca dos 96% – este último relacionado a dívidas de cartões de crédito.

 

Dívida entre R$ 5.000 e R$ 20.000 no Desenrola Brasil?

O programa Desenrola Brasil também disponibiliza a renegociação de dívidas cujo valor esteja entre R$ 5.000 e R$ 20.000, porém, estas devem ser quitadas à vista, uma vez que não possuem a garantia do Tesouro Nacional por meio do FGO. A prioridade do programa de renegociação é para os débitos menores, de até R$ 5.000, com garantia do Tesouro Nacional. Débitos acima desse valor são de responsabilidade do próprio credor e, portanto, só poderão ser pagos à vista.

Quando posso realizar o pagamento e em quantas parcelas?

Para dívidas de até R$ 5.000, existe a opção de parcelamento em até 60 vezes com parcelas mínimas de R$ 50 e juros de até 1,99% ao mês. As opções de pagamento disponíveis incluem débito em conta corrente, boleto bancário ou Pix. Além disso, os consumidores têm a opção de quitar todo o valor à vista diretamente através da plataforma do Desenrola Brasil.